EFEBruxelas

A Comissão Europeia confirmou esta quinta-feira que vai realizar a primeira ronda do Conselho de Comércio e Tecnologia com os Estados Unidos na próxima semana, após especulação de que seria suspensa devido ao anúncio de uma nova aliança de defesa proposta pelo Governo americano e que excluiria a União Europeia.

"A Comissão confirma que o Conselho de Comércio e Tecnologia (TTC) acontecerá em Pittsburgh (Pensilvânia, EUA) na próxima semana", divulgou a porta-voz comercial da UE, Miriam García Ferrer, no Twitter.

Por sua vez, os vice-presidentes executivos da Comissão Europeia Valdis Dombrovskis, responsável pelo Comércio, e Margrethe Vestager, de Concorrência, anunciaram na mesma rede social que vão participar na reunião de Pittsburgh juntamente com os secretários de Estado, Antony Blinken, e de Comércio, Gina Raimondo, e a representante comercial dos EUA, Katherine Tai.

"Alianças estratégicas são sobre a formação de abordagens comuns e também sobre a superação de dificuldades", disseram Dombrovskis e Vestager em tweets.

Na última terça-feira, a Comissão Europeia informou que iria analisar o impacto que a aliança de defesa assinada por Estados Unidos, Austrália e Reino Unido (AUKUS) pode vir a ter nas suas negociações comerciais com Washington, mais especificamente na data da primeira reunião, que finalmente será realizada na próxima quarta-feira.

O anúncio da nova aliança, feito há uma semana, envolveu o cancelamento por parte da Austrália de um contrato multimilionário com França para fornecer submarinos em favor de uma nova encomenda de submersíveis nucleares dos EUA.