EFERio de Janeiro

O índice de confiança dos empresários na economia brasileira subiu em dezembro ao seu maior nível em cerca de quatro anos, segundo um estudo divulgado hoje pelo centro privado de estudos económicos Fundação Getulio Vargas.

Impulsionado pela recuperação da economia brasileira em 2017 após dois anos de profunda recessão, o Índice de Confiança Empresarial (ICE) medido pela Fundação Getulio Vargas terminou o ano passado em 93,1 pontos, o seu maior nível desde abril de 2014 (95,7 pontos).

O indicador cresceu 1,2 pontos percentuais apenas entre novembro e dezembro.

De acordo com o economista Aloisio Campelo Jr., investigador da Fundação, a confiança empresarial subiu tanto por uma melhor avaliação dos homens de negócios da conjuntura económica como pelo otimismo para os próximos meses.

O analista acrescentou que a tendência é que a confiança continue a aumentar em 2018, para quando se espera uma consolidação da recuperação económica, apesar da incerteza gerada pelas eleições presidenciais do próximo outubro.