EFEMadrid

Espanha poderá chegar na Semana Santa de 2022 a números de turismo estrangeiro próximos dos anteriores à pandemia, tendo em conta o atual ritmo de recuperação nos mercados internacionais, segundo a empresa de consultoria Braintrust, especializada em turismo e outros setores.

Analisando a tendência da despesa total nos últimos meses, e se não ocorrerem novas vagas e as fronteiras continuarem na sua maioria abertas como até agora, estima-se que, durante a próxima Semana Santa, o volume de turistas estrangeiros em Espanha será "praticamente o mesmo" que em 2019, com uma recuperação à volta de 90%, o que levaria praticamente a volumes pré-pandemia.

A consultora aponta para um aumento "exponencial" dos viajantes internacionais nos próximos meses, entre agora e abril do próximo ano, onde poderão ser conseguidos números parecidos à época pré-pandemia.

O gasto dos turistas estrangeiros tem estado a recuperar e, apesar de ainda estar longe dos dados de 2019, "a diferença está a diminuir mês a mês".

Enquanto em janeiro o gasto total dos turistas internacionais diminuiu 90,3% em relação ao mesmo mês de 2019, esta variação em agosto foi de 49,6%, 5,9 milhões de euros, pelo que a tendência é positiva.