EFEBogotá

A estatal petrolífera da Colômbia, a Ecopetrol, informou na noite deste sábado que foram registados quatro ataques terroristas contra a infraestrutura do oleoduto Caño Limón-Coveñas e do Campo Tibú, ambos no nordeste do país.

Um dos incidentes, por exemplo, aconteceu no Campo Tibú, no departamento de Norte de Santander, na fronteira com a Venezuela, quando "grupos à margem da lei detonaram explosivos na unidade de injeção de água e num poço" nas aldeias Socuavó e Palmeras, respetivamente, e deixaram outros instalados, explicou a empresa em comunicado.

A Ecopetrol esclareceu que "os danos abrangem oito poços que produzem diariamente 450 barris de petróleo", pelo que assim que a polícia fizer a segurança na região os técnicos da companhia irão começar os reparos.