EFESão Francisco (EUA)

A Facebook anunciou esta segunda-feira uma série de novos produtos e funções baseados em áudio que serão lançados nos próximos meses, seguindo assim a esteira da popular aplicação Clubhouse, com um crescimento muito pronunciado este ano.

Numa entrada no blogue corporativo chamada "Ouviu-se: Vamos trazer as experiências de áudio ao Facebook", a companhia dirigida por Mark Zuckerberg detalhou quatro serviços distintos relacionados com a voz, desde ferramentas online para a edição de sons até a possibilidade de partilhar breves capturas de som na página principal da rede social.

Contudo, os dois produtos que mais surpreenderam foram a plataforma de podcasts e a criação de espaços para transmitir áudio em direto, o que coloca a Facebook em concorrência direta com a Clubhouse.

A Clubhouse é uma mescla de uma conferência virtual e um podcast interativo em que os utilizadores podem criar salas para debater -em princípio sobre qualquer tema- através de áudio e com até 5.000 pessoas em tempo real, ganhando grande notoriedade graças à participação em algumas destas conversas de figuras como Elon Musk ou o próprio Mark Zuckerberg.

Esta rede social limita atualmente o número de utilizadores através de dois mecanismos: só está disponível para dispositivos Apple e uma um "princípio de convite", ou seja, só os que são convidados por um utilizador existente podem ter voz.