EFEParis

O secretário de Estado francês para a Transição Digital, Cédric O, afirmou neste domingo que "a partir de 26 de junho vai entrar em vigor na Europa o certificado sanitário" para facilitar a circulação transfronteiriça.

Em entrevista à rádio France Info, explicou que o que falta, depois do acordo desta semana com a União Europeia, é avalar essa decisão. Especificou que a França já está a trabalhar numa fase de testes com outros países, como Malta e Suécia.

De acordo com o compromisso apresentado na última quinta-feira, o covid certificado digital irá ter validade de 12 meses a partir do dia 1º de julho e vai servir para evitar medidas restritivas de entrada caso seja comprovado que foi vacinado, tem um teste PCR negativo recente ou passou a doença nos últimos seis meses.