EFEParis

França disse esta quinta-feira que pediu à Comissão Europeia (CE) para começar a estudar possíveis medidas de retaliação contra o Reino Unido devido a "dificuldades inaceitáveis" na concessão de licenças de pesca britânicas após o Brexit.

"Encontramos dificuldades inaceitáveis ​​no que diz respeito à concessão de licenças de pesca, contrárias aos compromissos assumidos pelas autoridades britânicas", disse hoje uma porta-voz do ministério dos Negócios Estrangeiros francês.

"Pedimos à Comissão Europeia que reaja de forma firme e proporcionada, incluindo possíveis medidas de represália", acrescentou.

O Governo francês advertiu várias vezes nos últimos meses que poderá reduzir a quantidade de eletricidade que exporta para Jersey, a principal das ilhas anglo-normandas e um dos pontos de conflito, embora não o único, quanto às licenças de pesca.

A porta-voz acrescentou que França acolhe com satisfação as propostas de Bruxelas a Londres sobre o protocolo irlandês que, na sua opinião, "fazem parte da abordagem construtiva" da União Europeia e procuram responder às "preocupações" expressas por cidadãos e empresas da Irlanda do Norte.

"Agora cabe ao Reino Unido aproveitar esta oportunidade", indicou a porta-voz do ministério dos Negócios Estrangeiros francês.