EFEPequim

A tecnológica Huawei anunciou esta quarta-feira que o seu lucro líquido aumentou 5,6%, até 62.700 milhões de iuanes (8,038 milhões de euros) em 2019, ano em que esteve no olho do furacão na guerra comercial entre a China e os EUA.

A empresa, que não cota em bolsa, indicou que no ano passado vendeu 240 milhões de smartphones -tinha vendido 206 milhões em 2018- e que a sua faturação total subiu 19,1% relativamente ao ano anterior para 858.800 milhões de iuanes (110.124 milhões de euros).

Washington incluiu a empresa chinesa numa lista negra em maio de 2019 ao considerá-la um perigo para a segurança nacional devido aos seus supostos vínculos com a inteligência chinesa, embora desde então tenham sido anunciadas quatro moratórias que lhe permitiram, por enquanto, manter ligações comerciais com empresas americanas.