EFEMadrid

O preço da eletricidade no mercado grossista (pool) ibérico para este sábado será de 211,21 euros por megawatt/hora (MWh), o que representa uma subida de 7,67 euros, 3,76%, em comparação com o que se paga esta sexta, segundo o Operador do Mercado Ibérico de Energia (OMIE).

O próximo será o terceiro sábado deste mês em que a luz é paga acima dos 200 euros/MHw. O único que não passou essa barreira foi o dia 2 de outubro, quando ficou em 173,65 euros/MHw.

O preço máximo será registado entre as 21:00 e as 22:00, com 256,95 euros/MWh, enquanto o mínimo será de 180,35 euros/MWh entre as 17:00 e as 18:00.

O custo da luz para amanhã é quase cinco vezes superior em termos homólogos, já que no ano passado estava a 45,19 euros/MWh.

Ao longo deste mês foram já quinze dias com o preço da eletricidade acima dos 200 euros/MWh. O recorde de toda a série histórica (não apenas de outubro) foi no último dia 7, quando disparou até aos 288,53 euros/MWh (um ano antes era de 43,02 euros/MWh).

A escalada de preços que afeta grande parte da Europa deve-se, entre outros fatores, ao aumento do preço do gás nos mercados internacionais, que é utilizado nas centrais elétricas de ciclo combinado e que fixam o preço de mercado na maioria das horas, e ao aumento do preço dos direitos de emissão de dióxido de carbono (CO2).