EFEParis

O presidente francês, Emmanuel Macron, descreveu esta quarta-feira como um "dia essencial para a Europa" devido ao anúncio da presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, de um Plano de Recuperação e pediu um acordo "rápido e ambicioso".

"Dia essencial para a Europa: @vonderleyen propõe um plano de relançamento inédito de 750.000 milhões de euros para as regiões e setores em dificuldades", escreveu Macron no Twitter.

Para o presidente francês, foi o acordo prévio entre França e Alemanha -que propunha um fundo de 500.000 milhões para a recuperação- que "permitiu este avanço".

"Temos de atuar rapidamente e adotar um acordo ambicioso com todos os nossos parceiros europeus", afirmou na sua mensagem.

A maior parte do dinheiro previsto no plano da Comissão, 405.000 milhões- será desembolsada sob a forma de subvenções a fundo perdido.

França receberá 38,772 milhões em subvenções diretas, mas nada dos 250.000 milhões de empréstimos que completam o plano da Von der Leyen.