EFEMadrid

O secretário-geral da Organização Mundial do Turismo (OMT), Zourab Pololikashvili, criticou esta terça-feira que os protocolos de viagem dos diferentes países são "caóticos", pelo que solicitou um trabalho conjunto e coordenação para que os turistas saibam de onde e como podem viajar.

No XIII Encontro Empresarial Ibero-Americano organizado pela Secretaria-Geral Ibero-Americana, o secretário-geral da agência das Nações Unidas para o Turismo está confiante que em junho-julho será dado um grande passo com o chamado "passaporte covid" ou "green card", que permitirá uma maior mobilidade aos que estiverem vacinados.

No entanto, este passaporte só estaria operacional na União Europeia, pelo que Pololikashvili defendeu uma maior coordenação com grandes mercados como o chinês, russo, americano os países árabes.

A OMT trabalha, disse, com cada região e cada país para estabelecer corredores que se espera "que sejam mais eficazes este verão".

"Sinto-me mais seguro quando viajo do que quando estou em casa", concluiu.