Barcelona (Espanha), 12 fev (EFE) - A GSMA, associação global de operadores móveis e organizadora do Mobile World Congress (MWC) em Barcelona (nordeste espanhol), decidiu cancelar a edição deste ano do programa em resposta à onda de cancelamentos das empresas presentes por medo do coronavírus.

A associação, que reúne cerca de 800 operadores de telefonia móvel e mais de 200 empresas de tecnologia, reuniu-se esta quarta-feira por videoconferência para discutir o impacto do coronavírus na realização do congresso, que deveria ter lugar de 24 a 27 de fevereiro na cidade espanhola.

A difícil decisão de suspender o congresso foi tomada após horas de conversas e depois de cerca de trinta empresas terem anunciado que não iriam ao evento devido à sua preocupação com o coronavírus COVID-19 e para proteger a saúde dos seus funcionários, informaram à Efe fontes próximas à organização.