EFEEstrasburgo (França)

O plenário do Parlamento Europeu deu esta terça-feira sinal verde à candidatura da francesa Christine Lagarde à presidência do Banco Central Europeu (BCE) assim que termine o mandato do italiano Mario Draghi no próximo 31 de outubro.

Num voto não vinculativo, os eurodeputados apoiaram por 394 votos a favor, 206 contra e 49 abstenções a candidatura de Lagarde, ex-diretora-geral do Fundo Monetário Internacional e ex-ministra francesa de Economia.

Lagarde foi escolhida em julho pelos chefes de Estado e de Governo da UE para presidir o BCE a partir do próximo 1 de novembro.

Embora tanto o Parlamento Europeu como o próprio BCE devam pronunciar-se sobre as nomeações dos membros da direção executiva do emissor, o seu apoio não é imprescindível para que a pessoa designada pelos Estados membros assuma o cargo.

A decisão final que colocará Lagarde à frente do emissor da Zona Euro será tomada pelos chefes de Estado e de Governo na cimeira europeia de outubro.