EFENações Unidas

O presidente do Governo espanhol, Pedro Sánchez, defendeu esta sexta-feira a promoção do multilateralismo financeiro, considerando-o vital para fazer frente à crise provocada pela pandemia de coronavírus em todo o mundo.

Sánchez pediu essa ação conjunta no seu discurso num evento virtual organizado no âmbito da 75ª Assembleia Geral da ONU para abordar a solidariedade internacional perante a recessão económica provocada pelo coronavírus.

Também participaram no ato a vice-secretária-geral das Nações Unidas, Amina J. Mohammed, e o presidente da Costa Rica e promotor deste debate, Carlos Alvarado.

Sánchez ressaltou a necessidade de que, face à crise da COVID-19, haja horizontes claros e se trabalhe globalmente para a ultrapassar.

Na sua opinião, é uma grande responsabilidade enfrentar o desafio que esta pandemia implica, ele também considerou que é uma oportunidade para fazer as coisas melhor.

O chefe do Executivo espanhol recordou o acordo alcançado na União Europeia para promover um fundo de ajuda aos seus Estados membros a ultrapassar a situação causada pela pandemia, mas salientou que nem todos os países no mundo podem contar com os mesmos instrumentos.

Sánchez expressou o seu especial interesse na situação dos países da América Latina e das Caraíbas e o seu empenho em trabalhar com as nações mais desfavorecidas para combater a desigualdade e alcançar um modelo económico sustentável que não deixe ninguém para trás.

"Temos de agir a nível global porque o destino de todos os países está interligado", disse o político espanhol.

Neste contexto, elogiou a iniciativa do presidente da Costa Rica para a criação de um fundo para ajudar as economias chamado FACE.

Um fundo que seria financiado com 0,7% do PIB das principais economias mundiais, que representam 80% do produto interno bruto mundial.

Os fundos seriam atribuídos para mitigar o impacto económico induzido pela pandemia nas pessoas e setores produtivos e para impulsionar uma recuperação económica sustentável e inclusiva assim que o coronavírus for derrotado.