EFELondres

Os pilotos da companhia aérea British Airways (BA) começaram desde as 23.00 GMT uma greve de dois dias em reivindicação de melhorias salariais.

A empresa e o sindicato dos pilotos Balpa indicaram domingo que estão dispostos a começar novas conversas para superar as diferenças, depois desses trabalhadores terem rejeitado em julho um aumento de salário de 11,5% durante os próximos três anos.

Segundo a companhia, a maioria dos voos que devem descolar do Reino Unido segunda e terça-feira foram cancelados.

"Estamos preparados e temos vontade de voltar às conversas com o Balpa", segundo um comunicado da BA.

O sindicato indicou, por sua parte, que os pilotos estão dispostos a suspender a greve se houver "uma nova proposta" sobre a mesa e recalcou que a greve é uma medida de "último recurso" perante a enorme "frustração" que estes trabalhadores sentem.