EFEMoscovo

O rublo subiu esta terça-feira ao seu nível máximo face ao dólar desde março de 2018, depois da Bolsa de Moscovo ter fixado hoje as cotações oficiais em 57,59 rublos por dólar e 59,97 rublos por euro.

Isto significou uma descida do dólar de 0,48% e do euro de 0,72% relativamente à cotação anterior.

Segundo a Bolsa de Moscovo, o dólar chegou a baixar a 56,61 rublos pela primeira vez desde março de 2018, enquanto o euro baixou a 58,59 rublos.

Esta subida acontece três meses após o início da campanha militar russa na Ucrânia, depois da qual o Ocidente impôs sanções contra as reservas do Banco Central da Rússia e excluiu vários bancos russos do sistema internacional de pagamento SWIFT, levando a um colapso de quase 30% do rublo, uma caída não vista desde 1993.

A taxa de câmbio chegou a 107,48 rublos por dólar e 119,8 rublos por euro, uma situação que se começou a reverter gradualmente depois do Banco Central ter tomado medidas de emergência para travar o impacto das sanções.