EFEDavos (Suíça)

O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steven Mnuchin, perguntou esta quinta-feira no Fórum de Davos "quem é Greta Thunberg?" e recomendou à jovem ativista que estudasse economia e que depois regressasse para falar com ele.

Durante uma conferência de imprensa ao lado do secretário de Comércio, Wilbur Ross, Mnuchin criticou duramente a ativista sueca, que visitou o Fórum de Davos e reprovou o pouco feito pelos Governos e as empresas para mitigar ou reduzir os danos "irreversíveis" ao planeta.

Mnuchin, por sua vez, colocou em dúvida o impacto económico das alterações climáticas e a necessidade de que se eliminem por completo os combustíveis fósseis, daí que tenha aconselhado a Thunberg que se prepare e estude economia, e que "depois volte e lhe explique tudo".

O comentário acontece após o presidente dos EUA, Donald Trump, que também participou no Fórum de Davos, ter criticado ontem os "profetas" que prevêm um apocalipse climático.

Sobre este ponto, Mnuchin disse que os Estados Unidos são líderes na implantação de energias limpas e na redução de emissões, e assinalou que muitos países trabalham neste sentido sem necessidade de receber pressões dos investidores.

Ao fim, o que é verdadeiramente importante para uma economia é a criação de emprego, acrescentou.