EFELuxemburgo

Os países da União Europeia (UE) apoiaram esta segunda-feira a abertura de conversas com os Estados Unidos para conseguir um acordo de comércio centrado na eliminação das tarifas aos produtos industriais, um pacto de alcance muito menor que o TTIP abandonado após a chegada de Donald Trump à presidência americana.

Os ministros de Agricultura dos Vinte e oito, reunidos em Conselho no Luxemburgo, deram o seu apoio ao mandato de negociações proposto pela Comissão Europeia (CE) em janeiro passado para abrir conversas que irão incluir o setor do automóvel mas não a agricultura.

Fontes europeias disseram à Efe que França votou contra a abertura das negociações, mas que esta foi uma decisão que conseguiu maioria qualificada, obtendo o apoio de 16 dos 28 Estados da UE que representem pelo menos 65% da população.

O ministro espanhol de Agricultura, Pesca e Alimentação, Luis Planas, declarou à sua chegada à reunião que Espanha é partidária de que os produtos agrícolas estejam "totalmente excluídos da negociação" e que se devem respeitar "os compromissos de (o acordo de) Paris", um dos aspectos pelos quais França era reticente à abertura das conversas.

O presidente americano, Donald Trump, anunciou em junho de 2017 que os Estados Unidos se iria retirar do acordo de Paris sobre a mudança climática aprovado por 195 países em dezembro de 2015, e o presidente francês, Emmanuel Macron, opõe-se a aceitar acordos com potências que não respeitem este pacto.