EFEMérida

A Junta da Extremadura reforçou em 2017 o seu apoio à presença das artes cénicas estremenhas em palcos, festivais e feiras espanholas e internacionais, uma mostra "do magnífico momento que vive o setor teatral regional".

O Executivo estremenho continua assim referendando o seu respaldo à presença estremenha nos eventos mais importantes do setor cénico, nas quais as companhias puderam mostrar a variedade das suas dramaturgias, segundo informa em nota de imprensa.

Desta maneira, e dentro do seu compromisso de acompanhamento e diálogo permanente com o setor, a Junta promoveu a presença de produções estremenhas em eventos importantes de exibição e encontros nacionais e internacionais de artes cénicas.

Entre eles, a Feira de Teatro de Castela e Leão, um referente teatral e do mercado cénico no ocidente peninsular há mais de vinte anos e com o qual a Junta colabora desde a sua primeira edição.

As artes cénicas estremenhas mostraram também as suas propostas na Feira Europeia das Artes Cénicas para Crianças, FETEN.

Companhias estremenhas aproximaram igualmente em 2017 a essência do teatro greco-latino a Madrid com a extensão que o Festival de Mérida tem na capital de Espanha.

A administração regional respalda iniciativas surgidas desde o setor como o Circuito Ibérico de Artes Cénicas, uma porta a colaborações, a formar a profissionais, e ao mesmo tempo, uma oportunidade para promover, divulgar e internacionalizar o trabalho e as dramaturgias que criam as entidades que o conformam.

Na atualidade está formado por treze espaços, sete de Portugal e seis de Espanha.