EFEBadajoz

A Deputação de Badajoz assinou um acordo de parceria com as denominações de origem protegidas (DOP) e indicações geográficas protegidas (IGP) da província, graças ao qual se vai destinar 38.000 euros para promover estes produtos gastronómicos de qualidade certificada.

O presidente provincial, Miguel Angel Gallardo, afirmou que promover os produtos gastronómicos extremenhos "é uma interessante maneira para promover o turismo".

Na assinatura do acordo, realizado anualmente, também estiveram responsáveis dos conselhos reguladores das DOP Ribera del Guadiana, Queijo de La Serena, Azeite Monterrubio e Presunto Dehesa de Extremadura, e das IGP Ternera de Extremadura e Cordero de Extremadura.

Procura-se com este acordo potencializar a promoção destes produtos, colaborando na organização de apresentações, degustações, congressos, festivais e feiras que acontecem tanto dentro como fora de Espanha.

Tal como o património, a cultura, a história ou a natureza, durante o ato destacou-se o papel da gastronomia como um instrumento que serve para fomentar o turismo na província de Badajoz e para aumentar o número de visitantes e o seu período de estadia.