EFEMérida

Apesar das chuvas registadas na última semana, a situação das barragens estremenhas mantém-se praticamente igual que há sete dias, as do Tejo a 49% da sua capacidade e as do Guadiana a 42, segundo informaram esta semana as confederações hidrográficas de ambas bacias.

As barragens estremenhas do Tejo contam com 3.111 hectómetros cúbicos de água e têm as suas reservas a 49% da sua capacidade (52% há uma semana) e as do Guadiana armazenam 4.447,9 hectómetros cúbicos, 42,9% (igual que há uma semana).

No seu conjunto, as duas bacias que abastecem a Extremadura -Tejo e Guadiana- estão a 41% da sua capacidade, que é de 20.417 hectómetros cúbicos.