EFEBadajoz

A cidade de Badajoz vai receber de 1 a 6 de julho o seu Festival de Flamenco e Fado, que nesta edição recebe artistas como Dulce Pontes, José Mercé e o guitarrista Tomatito.

A portuguesa Dulce Pontes visita o evento no dia 5 para celebrar os seus 30 anos de carreira com uma atuação na qual irá interpretar grande parte dos seus temas com a Orquestra da Extremadura (OEx), segundo informou a organização.

Um dia depois, o cantador andaluz José Mercé e o guitarrista Tomatito apresentam "De Verdad" numa noite que também contará com a presença da jovem promessa lusa Gaspar, bisneto da irmã da grande Amália Rodrigues.

Quinta-feira, 4 de julho, atua o fadista e renovador da canção popular portuguesa Marco Rodrigues, enquanto a segunda parte da noite estará ocupada por um espetáculo projetado pelo pianista andaluz Andrés Barrios e a cantora extremenha Celia Romero.

Durante a apresentação do festival, a cantora, de Badajoz, mostrou a sua satisfação em atuar novamente neste festival, neste caso com um espetáculo no qual mistura géneros como o flamenco, o bolero e o jazz.

A 2 de julho, Fuensanta Blanco e Andrés Malpica levam ao festival "Con acento extremeño" ("Com sotaque extremenho", em português) e, no dia seguinte, Badajoz recebe um dos grupos portugueses revelação, formado pelos músicos Ana Pinhal e Francisco Almeida, com sons lusos e flamencos com o protagonismo da guitarra espanhola.

O festival organiza além disso diversas atividades para aproximar o flamenco e o fado ao público, como a projeção de um documentário dedicado ao cantor Camarón de la Isla.