EFEQuintana de la Serena (Badajoz)

A exposição "Yo, tú, ellas" ("Eu, tu, elas", em português), da Associação Plena Inclusión da Extremadura, vai começar na próxima sexta-feira em Quintana de la Serena (Badajoz) a sua digressão pela região para mostrar as conquistas de mulheres com deficiências mentais ou de desenvolvimento e ajudar este grupo social.

Em comunicado, a Fundação assinalou hoje que se tratam de exemplos femininos que lutam diariamente por conseguirem ser incluídas na sociedade, tal como muitas outras ao longo da história.

É um projeto dirigido pela responsável do programa de Mulher de Plena Inclusão, María Moruno, e que começou a desenvolver-se em 2017 com o trabalho de tirar e selecionar as fotografias.

Vão estar expostas fotografias de mulheres que se assemelham fisicamente às que fizeram história nos âmbitos da cultura, política, ciência e a reivindicação dos direitos da mulher, entre elas Frida Kahlo, Eva Perón, Marie Curie e Rigoberta Menchú.

Graças à colaboração dos profissionais de diversas entidades da Plena inclusão Extremadura, que selecionaram as mulheres pela sua parecença física, em setembro deste ano realizou-se uma sessão fotográfica elaborada por Jorge Armestar.

Na sessão participaram quinze mulheres com deficiências mentais: Estefanía Pacheco, Rosa María Chamizo, Sheila Claudia Torvisco, Ángela María Jiménez, Ángela Rodríguez, María Casado, Sara Alegre, Magdalena Sierra, María Luisa Sierra, María Dolores Rejano, Alicia Santiago, Josefa Núñez, Marta Monzón, Cristina Gallego e Laura García.

A exposição foi inaugurada em Mérida em dezembro deste ano e começa agora em Quintana de la Serena a sua digressão.

Durante os próximos meses está previsto visitas a Villafranca de los Barros, à Assembleia de Extremadura, Casar de Cáceres, Jerez de los Caballeros, Montijo, Olivenza, Cabeza del Buey, Plasencia, Cáceres e Zafra.