EFEMérida

A diretora-geral de Ação Exterior da Extremadura, Rosa Balas, participou ontem e hoje em Bruxelas no 132º Plenário do Comité Europeu das Regiões (Cdr) em debates sobre a política de coesão e o "brexit".

Esta última sessão plenária do ano teve uma carga política significativa, já que se aprovaram os ditames sobre o futuro dos Fundos Estruturais e de Investimento Europeus, informou a Junta da Extremadura em comunicado.

O debate sobre a política de coesão durante o período 2021-2027 contou ainda com a comissária europeia de Política Regional, Corina Cretu.

Além disso, os representantes regionais e locais da Europa puderam abordar com Michel Barnier, negociador-chefe europeu para o "brexit", as últimas novidades a este respeito após o acordo alcançado recentemente entre o Reino Unido e a União Europeia.

O plenário deu sinal verde a 19 ditames e uma resolução. Além dos relativos à futura política de coesão, também se debateram e aprovaram outros sobre a digitalização da sociedade europeia, o desenvolvimento sustentado, a cooperação internacional ou o novo programa comunitário sobre investimentos: InvestEU.

Relativamente a este último ditame, a Junta da Extremadura apresentou várias emendas encaminhadas a chamar à atenção sobre a figura dos recém formados e a sua dificuldade em aceder a um primeiro emprego, assim como sobre a desigual distribuição do investimento em zonas periféricas e fronteiriças.

O Governo extremenho também apresentou várias emendas sobre a reforma da Política Agrária Comunitária (PAC) de modo a valorizar a devesa, introduzir este ecossistema no marco regulador e reivindicar o papel dos jovens agricultores e das mulheres no mundo rural.