EFEBadajoz

A 22ª edição do Festival Internacional de Cinema LGBT da Extremadura "FanCineGay" vai levar mais de 80 atividades a 27 localidades, incluindo 14 filmes, 25 curtas-metragens, teatro, fotografia, apresentações de livros e atividades infantis e familiares.

O diretor do festival, Pablo Cantero, apresentou esta quinta-feira em conferência de imprensa o programa que será realizado de 9 a 17 de novembro e que terá início, na sede da Filmoteca da Extremadura, em Cáceres, com a projecção de algumas das curtas-metragens mais destacadas deste ano.

A gala de encerramento será no Centro de Conferências "Manuel Rojas", em Badajoz, onde será atribuído o Prémio de Melhor Curta-Metragem a personalidades da cultura e do cinema LGBT.

Quanto às produções, Cantero afirmou que treze filmes serão exibidos pela primeira vez nos ecrãs da Extremadura e destacou "Portrait of a Lady on Fire", vencedor do Palma Queer no Festival de Cannes; "Tremors", vencedor do Prémio Latin Sebastiane; e "De nuevo otra vez", vencedor do Prémio Horizontes Latinos.

"O festival compromete-se claramente por incluir filmes realizados por mulheres, 50% dos filmes", acrescentou.