EFEPlasencia (Cáceres)

Mais de 150 expositores da Extremadura e da Região Centro e a Beira Baixa de Portugal vão reunir-se a partir de amanhã, 17 de julho, em Idanha-a-Nova (Portugal) para participar na XXIII Feira Raiana, o evento multisetorial mais importante da península ibérica no ámbito da cooperação transfronteiriça.

A Feira Raiana está organizada pelas Câmaras Municipais de Moraleja (Cáceres) e Idanha-a-Nova e realiza-se de forma alternada nestes dois municípios, que se transformaram nas sedes fixas da Beira Interior Sul de Portugal e da Comunidade Autónoma da Extremadura.

Este ano, coincidindo com a realização do evento, vai acontecer o Fórum Internacional de Territórios Relevantes para Sistemas Alimentares Sustentáveis (FISAS).

Trata-se de um "espaço plural" que vai receber o Seminário Internacional sobre Sistemas Importantes do Património Mundial, o Congresso Internacional de Bio-regiões, o Fórum Mundial de Inovação Rural e a Oficina sobre Políticas Públicas Locais para a Sustentabilidade dos Alimentos, informou a organização da feira em comunicado.

A Feira Raiana, que decorre até 21 de julho, é um evento de cooperação transfronteiriça e conteúdo multisetorial no qual têm um protagonismo especial a indústria, o comércio, o turismo e a gastronomia de ambos lados da Raia.

Entre os expositores vai haver vários produtores agroalimentares que irão dar a conhecer os seus produtos numa edição sobre os produtos de qualidade dentro de uma economia sustentável sob o tema "Produtos da Terra".

Além disso, a Feira Raiana irá mostrar uma ampla exposição dos setores agrícolas, criador de gado, agroalimentar, florestal, turístico e cultural e vai receber exposições de artesanato, demonstrações de maquinaria, oficinas gastronómicas, atividades infantis e uma dezena de concertos de música pop, rock e de folclore tradicional.

A inauguração oficial da feira vai acontecer às 18:00 horas (hora portuguesa).