EFECáceres

O Cáceres Internacional Blues Festival abre esta quinta-feira o seu décimo aniversário com o concerto da reconhecida saxofonista, cantora e compositora de blues, funk e soul americana Vanessa N. Collier, no Corral de las Cigüeñas.

Collier foi nomeada a cinco prémios Blues Music Awards e ganhou a estatueta este mesmo ano.

O Corral de las Cigüeñas e a Praça de Santa María serão os dois espaços de Cacéres que vão acolher os concertos desta décima edição, que recebe até ao próximo 6 de outubro nomes históricos do género como Bob Margolin e a Ian Siegal Band.

Trata-se de um dos festivais que mais qualidade fornece ao outono musical de Cáceres, tornado já num evento de prestígio.

"Um dos festivais de blues de referência dentro do panorama nacional e internacional", assegurou à Efe a organização.

A programação inclui na sexta-feira quatro concertos em Santa María: primeiro sobem ao palco os Travellin Brothers Little Band, banda de dez músicos que "farão as delícias do público com uma sonoridade e espetáculo incomparável", segundo os promotores.

Depois é a vez de uma referência do género: Bob Margolin & Totatablues Band. Integrante da Muddy Waters Blues Band entre 1973 e 1980, é um dos guitarristas que mantêm vivo o espírito do genuíno blues de Chicago.

A noite termina com a Leif de Leeuw Band, liderada pelo jovem e talentoso guitarrista holandês.

No sábado será a vez da Blues Triumvirate, no Corral de las Cigüeñas, seguindo-se, em Santa María, Saron Crenshaw, membro do Blues Hall of Fame de Nova Iorque.

Na noite, o palco de Santa María vai receber Ian Siegal e a sua banda. Siegal é conhecido por ser "uma lenda e um tesouro nacional no Reino Unido".

Nove vezes vencedor do British Blues Awards e três vezes do European Blues Awards, Siegal "transcende o blues para abranger o folclore americano" de compositores como Guy Clarke e Townes Van Zandt.

Esta edição também inclui bandas espanholas como os maiorquinos Big Yuyu, que vão encerrar sábado, com mais de uma década de carreira às suas costas e com quatro trabalhos publicados.

O festival termina domingo com um concerto matiné de despedida, no Corral de las Cigüeñas, com a atuação dos The Ramblers, uma banda de blues rock de Lisboa formada em 2007.