EFEMérida

Cerca de 300 profissionais de saúde de Portugal e Espanha vão participar nos próximos dias 4 e 5 de abril em Mérida nas Jornadas Nacionais de Enfermaria em Cuidados Paliativos Recebidos, "essenciais" em casos como as doenças avançadas ou no fim da vida.

A Sociedade Espanhola de Cuidados Paliativos (AECPAL) assinalou esta quarta-feira em comunicado que o Palácio de Congressos de Mérida foi o escolhido para acolher as VIII Jornadas Nacionais de Enfermaria em Cuidados Paliativos.

O objetivo é abordar estes tratamentos, que "não se medem mas que são essenciais", dando o exemplo de "uma conversa às quatro da manhã com alguém que não pode dormir".

Organizadas pela AECPAL em parceria com a Associação Portuguesa de Cuidados Paliativos, as jornadas têm como fim "visibilizar o trabalho enfermeiro invisível", pelo que o programa do encontro concede uma especial importância a experiências que melhoram a qualidade de vida dos pacientes "além das técnicas", ao chegar "onde os fármacos não chegam".