EFEMérida

O guitarrista emeritense Miguel Vargas, junto ao seu filho Juan e os cantores "La Kaita" e Alejandro Vega, foram os protagonistas da conferência "A guitarra flamenca", realizada no Teatro Bernadette Lafont de Nimes, dentro do Festival Flamenco desta cidade francesa.

Durante esta conferência, cheia de referências ao canto e ao toque estremenho, Miguel Vargas falou sobre a evolução da guitarra flamenca na região estremenha, além de detalhar as peculiaridades rítmicas dos tangos e dos jaleos estremenhos, elementos do flamenco que são oriundos da Extremadura.

O flamenco "é parte do nosso acervo cultural", assinalou a diretora do Centro das Artes Cénicas e da Música da Extremadura (CEMART), Toni Álvarez, que esteve presente nesta conferência, à qual também assistiram o cantor Enrique "El Extremeño" e o dançarino de flamenco "El Peregrino", entre outros.

Toni Álvarez acrescentou que o flamenco é "um dos melhores cartões de apresentação da cultura estremenha".