EFECáceres

A Feira Raiana, o evento multisetorial mais importante da Península Ibérica no âmbito da cooperação transfronteiriça, espera ultrapassar os cem mil visitantes na sua vigésima terceira edição, que será realizada em Idanha-A-Nova (Portugal) de 17 a 21 de julho com a presença de mais de 150 expositores.

O primeiro vice-presidente da Deputação de Cáceres, Carlos Rodríguez; o presidente da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, Armindo Jacinto, e o autarca de Moraleja, César Herrero, apresentaram esta terça-feira este evento na capital cacerenha.

A Feira Raiana de Idanha-a-Nova, que espera superar a afluência de cem mil pessoas da edição anterior, constitui o evento de cooperação transfronteiriço mais importante da Península Ibérica e vai oferecer além disso atividades musicais, gastronómicas e culturais.

De fato, depois de mais de duas décadas de realização, conseguiu estreitar vínculos de cooperação através de um evento que recebe setores como o agroindustrial, agropecuário, cinegético, artesanal, comercial, cultural e de serviços.

Nesta edição, sob o lema "Produtos da terra", procura-se avançar na conexão da Bio-Região de Idanha-a-Nova com os produtos de qualidade que se elaboram no Geoparque Naturtejo, na Beira Baixa, no conjunto de Portugal e Extremadura, os países ibero-americanos e todos aqueles nos quais existem bio-regiões.

Armindo Jacinto falou sobre o programa desta edição na qual, além de manifestações culturais, tradicionais ou folclóricas, será realizado o Fórum Internacional de Territórios Relevantes para Sistemas Alimentares Sustentáveis.

Também se vai acolher eventos como o Seminário Internacional sobre Sistemas Importantes do Património Mundial, o Congresso Internacional de Bio-regiões, o Fórum Mundial de Inovação Rural e a Oficina sobre Políticas Públicas Locais para a Sustentabilidade.

A inauguração oficial do certame vai acontecer a 17 de julho com a presença de várias autoridades da Beira Baixa e representantes da Junta da Extremadura, a Deputação de Cáceres e a Câmara Municipal de Moraleja.