EFEBadajoz

Mais de 4.000 crianças aprenderam sobre cibersegurança na feira "Iberocio" de Badajoz, onde o Escritório de Segurança do Internauta do Instituto Nacional de Cibersegurança de Espanha (Incibe) divulgou o uso responsável de Internet entre os menores através de uma proposta lúdica e digital.

A entidade dependente do Ministério de Energia, Turismo e Agenda Digital de Espanha contou com um expositor denominado "Tu espacio en ciberseguridad" ("O teu espaço em cibersegurança", em português), segundo explicou o Incibe em comunicado.

Este esteve repleto de jogos, competições lúdicas e desafios com os quais pais e filhos puderam-se introduzir no uso responsável da Internet e aproximar-se dos riscos do desconhecimento.

Os visitantes acederam à aplicação instalada pela Incibe com o objetivo de ser mais consciente da realidade que os menores vivem através das novas tecnologias e poder agir assim de uma maneira mais controlada.

O sistema de aprendizagem consistiu em diferentes tipos de propostas, e as famílias puderam por exemplo comprovar o seu grau de conhecimento ao responder a perguntas que serviam para envolver todas as crianças na responsabilidade digital.

Para o Incibe, as famílias são um público prioritário na educação sobre cibersegurança, e o seu Escritório de Segurança do Internauta mostra continuamente soluções às novas situações que surgem neste âmbito.

O instituto lembrou que é conveniente estabelecer um vínculo entre adultos e crianças que sirva de controlo, mas que ao mesmo tempo se permita a autonomia e haja privacidade para os adolescentes.