EFEMérida

Mais de 400 fotos antigas dos edifícios mais emblemáticos da Extremadura, com um estudo de como se encontravam antes da sua restauração e com versões dos mesmos por parte dos viajantes e cronistas, é o que oferece o livro "A Luz da Extremadura".

Os investigadores José Antonio Ramos Rubio e Óscar de San Macario, cronistas de Trujillo e Casas de Don Antonio, respectivamente, são os autores desta obra, apresentada esta semana na capital cacerense.

Segundo o primeiro deles, a publicação mostra algumas das obras mais relevantes do passado histórico e artístico da Extremadura "junto com os tipos humanos mais característicos de cada população".

Constitui uma oportunidade, destaca numa nota, para informar da "enorme riqueza patrimonial fotográfica" que existe na região, já seja em arquivos, hemerotecas ou em coleções particulares.

Obras que oferecem referências antropológicas, históricas e artísticas reunidas em várias fotografias "que irão maravilhar ao visitante tanto pela sua beleza como pela originalidade do conjunto e que testemunham que a Extremadura é um dos lugares mais atraentes de Espanha".