EFEBadajoz

A VII edição das "Migas Estremenhas Solidárias" realiza-se no próximo sábado, dia 20, no Passeio de São Jõao de Badajoz para repartir cerca de 3.500 rações com o objetivo de obter fundos a favor do Banco Alimentar da cidade.

Como explicou aos meios de comunicação o restaurador Javier García, o objetivo é superar as 2.500 rações do ano passado, um número que esteve condicionado por coincidir com uma ponte festiva e pelas circunstâncias meteorológicas.

As quantidades selecionadas de produtos permitiriam não obstante oferecer até 4.000 rações, manifestou.

Assim, a iniciativa tem preparada 60 litros de azeite, 15 quilos de alho, 16 sacos de pão, 120 litros de leite, 10 quilos de café, nove quilos de chouriço ibérico, outros tantos de salsichão, dois presuntos e 30 quilos de pimentão vermelho.

Todos os ingredientes são estremenhos e facilitados por empresas da região, destacou o cozinheiro.

Como lembrou Javier García, o projeto surgiu durante um curso de cozinha no restaurante Lugaris, onde se pensou em elaborar um prato com fins solidários, optando-se por algumas essências estremenhas.

Por sua parte, o presidente do Banco Alimentar de Badajoz, Jesús Reynolds, agradeceu esta iniciativa, bem como a solidariedade da cidadania, sobretudo num momento, após passar o tradicionalmente solidário período natalício, onde se necessitam de muitos produtos.

Neste sentido, durante a apresentação pediu-se aos estremenhos e portugueses que colaborassem uma vez mais neste evento, pois são ainda muitas as pessoas que necessitam ajuda apesar da recuperação económica.