EFEBadajoz

A ocupação dos estabelecimentos turísticos estremenhos cresceu cerca de 6% em 2018 face ao ano anterior, segundo a Confederação Empresarial do Turismo Estremenho (Cetex), com números "muito positivos" tanto de visitantes nacionais como de internacionais.

O facto mais destacável em 2018, segundo explicou à Efe o presidente da Cetex, José Luis Ascarza, foi a maior capacidade económica do turista nacional, o que permitiu o aumento das dormidas num momento no qual o turismo interior tem "cada vez mais importância".

Também cresceu a despesa meia por turista, segundo Ascarza, que considerou que o aumento dos números de visitantes internacionais foi "espetacular".

Ascarza destacou neste sentido os esforços realizados pela Administração na promoção do destino "Extremadura" através de campanhas "muito sérias".