EFEAlmendralejo (Badajoz)

A única adaptação ao teatro da obra de Alexandre Dumas "O Conde de Montecristo" vai chegar esta sexta-feira ao Teatro Carolina Coronado de Almendralejo pelas mãos da companhia extremenha Samarkanda, depois da sua estreia este verão no Festival de Teatro Clássico de Cáceres.

Onze atores sobem ao palco para representar esta obra, entre os quais se encontram os extremenhos José Lucia, José Francisco Ramos, Arturo Núñez e Guillermo Serrano, dirigidos por Paloma Mejía e com a cenografia da também extremenha Luisa Santos.

O realizador da Samarkanda, Fermín Núñez, que também atua na peça, destacou que se trata de um das obras mais ambiciosas realizadas por uma companhia na Extremadura nos últimos anos.

Em conferência de imprensa, Núñez explicou que estão "muito satisfeitos" com a receção recebida por esta montagem, que já foi incluída na Rede de Teatro de Castilla-La Mancha e na da Extremadura.

Além disso, foi a obra escolhida para inaugurar a Mostra de Artes Cénicas da Extremadura em novembro e foi selecionada no festival de teatro de La Rioja 'Garnacha Haro' na seção oficial de competição em dezembro.