EFECáceres

A cidade de Valencia de Alcántara (Cáceres) e Marvão (Portugal) recebem de 26 de julho a 4 de agosto a festa de interesse turístico regional dedicada à recriação histórica da Boda Régia com várias atividades.

Trata-se da comemoração do casamento entre a infanta Isabel, filha dos Reis Católicos de Espanha, e o rei Manuel "O afortunado", de Portugal, uma recriação que conta com mais de 500 participantes e visitada por milhares de pessoas.

O deputado de Cultura e Desporto local, Fernando Grande; o autarca de Valencia de Alcántara, Alberto Piris, e uma representante da Câmara Municipal de Marvão, Felicidade Tavares, apresentaram esta sexta-feira a XV edição do Festival Transfronteiriço da Boda Régia.

Está previsto para 3 de agosto a recriação histórica da chegada do rei D. Manuel a Marvão, enquanto na noite de 4 de agosto, Valencia de Alcántara vai acolher a representação teatral da Boda Régia entre este e a infanta Isabel, segundo informou a Deputação de Cáceres em comunicado.

A X Rota de Tapas Isabelina, atuações de grupos musicais, concertos, oficinas, visitas guiadas, danças, parques temáticos infantis e mercados artesanais são outras das atividades previstas a partir de 26 de julho.

A representante da Câmara de Marvão valorizou as "fortes relações" de ambos lados de uma fronteira "que une", referindo-se à Boda Régia como "outro momento cultural dentro das muitas atividades que se realizam de um e outro lado da Raia".