EFEParis

O movimento dos "coletes amarelos", que agrupa diversos segmentos descontentes em França, perde apoio popular pela primera vez desde o seu nascimento há dois meses, segundo uma sondagem publicada hoje pela televisão "BFMTV", que revela que ainda é apoiado por 60% dos franceses.

Esses números, revelados dias antes da nona jornada de protestos prevista para o próximo sábado, representa uma queda de dez pontos percentuais a respeito de há três semanas, segundo a sondagem elaborada pelo instituto Elabe.

A queda do apoio regista-se entre os que apoiam o movimento de forma incontestável, enquanto aqueles que mostram simpatia se mantêm estáveis em 29%.

No outro extremo, aumentam 5 pontos os que se mostram "hostis" ao movimento dos "coletes amarelos", 16%, enquanto outros 15% mostra a sua oposição, mais 4 pontos.

51% considera que os protestos devem continuar, menos três pontos, enquanto 78% condena os atos violentos registados em anteriores edições, menos quatro pontos.