EFETijuana (México)

As autoridades locais da cidade mexicana de Tijuana, fronteiriça com os Estados Unidos, solicitaram hoje que se acelere a mudança dos migrantes centro-americanos do albergue que ocupam atualmente para evitar a propagação de doenças.

As intensas chuvas dos últimos três dias em Tijuana provocaram graves danos no centro desportivo Benito Juárez e transformaram num lodaçal o campo de basebol onde a maioria dos centro-americanos se encontra.

Uma fonte municipal disse à Efe que é urgente "fazer a mudança do resto dos migrantes ao outro albergue", que entrou em funcionamento na quinta-feira.

A fonte explicou que as condições nas quais o primeiro albergue está "poderão provocar sérios problemas de saúde, sobretudo porque se estão a generalizar doenças de vias respiratórias devido à chuva e ao frio que se registou".

Devido a isso, os encarregados do albergue começaram a desabilitar o lugar e a remover os sanitários portáteis.