EFEManila

Um bebé de apenas 16 dias nascido nas Filipinas é o paciente mais jovem do mundo a recuperar do novo coronavírus, segundo informou esta quinta-feira as autoridades sanitárias do país asiático.

Kobe Manjares -nome em homenagem ao recentemente falecido astro da NBA Kobe Bryant- deu entrada no Hospital Pediátrico Nacional de Manila com apenas 5 dias de vida, onde testou positivo para coronavírus e ficou em tratamento por 11 dias.

O bebé teve alta na última terça-feira, quando seu pai o levou de volta para casa. A equipa médica despediu-se da criança com cartazes de "Kobe bate a COVID", como pode ser visto em fotos divulgadas por alguns meios de comunicação locais.

Kobe nasceu saudável no último dia 12, mas teve que ser internado no hospital cinco dias depois, quando começou a mostrar sintomas de febre e tosse.

"Quando cheguei à sala de emergência, eles fizeram os testes. O médico disse-me que eu tinha que o internar se quisesse que o meu filho sobrevivesse. Eu estava com muito medo, mas ele já estava a sofrer, então decidi deixá-lo confinado", explicou o seu pai, Ronnel Manjares.

As autoridades de saúde não divulgaram detalhes sobre como o bebé pode ter sido infectado ou qual é a condição da mãe.

A vice-secretária da Saúde, Maria Rosario Vergeire, informou esta quinta em conferência de imprensa que 25 bebés com menos de 1 ano de idade contraíram a COVID-19 nas Filipinas, seis dos quais morreram.

O paciente mais jovem com a doença no país é atualmente um bebé de 9 dias, na cidade de Cebu.

As Filipinas confirmaram até agora 8.488 casos positivos de coronavírus, com 568 mortes e 1.043 pacientes recuperados, incluindo o pequeno Kobe.