EFEBruxelas

A Bélgica informou esta terça-feira do falecimento de uma menina de 12 anos de idade por coronavírus entre as 192 mortes registadas no país nas últimas 24 horas, elevando o número total de óbitos a 705.

"É uma eventualidade muito rara, mas que nos comove", disse Emmanuel André, virologista e porta-voz da equipa interfederal belga contra o coronavírus em conferência de imprensa.

O diretor do comité científico, Steven Gucht, acrescentou que esta informação nos recorda "que em todas as idades, desde os 10 anos até às idades mais avançadas, podem surgir complicações".

"É importante mencionar que isto é excecional nos jovens. Não é a regra. Não sabemos o que correu mal. É importante investigar caso a caso", acrescentou.

O Serviço Federal de Saúde belga indicou que entre segunda e terça-feira foram registados 876 novos casos com teste de laboratório no país, o que representa 12.775 contágios confirmados.

Bélgica tem 4.920 pessoas hospitalizadas com COVID-19, 1.021 das quais nos cuidados intensivos.