EFESão Paulo

As equipas de resgate retomaram neste domingo a busca dos desaparecidos depois da queda de uma parede rochosa de um desfiladeiro sobre uns barcos num lago do Brasil, que causou ao menos oito mortos e uma treintena de feridos.

Membros do Corpo de Bombeiros, a Marinha e a Polícia participam no operativo montado no lugar do acidente, que ocorreu sobre o meio dia do sábado no turístico município de Capitólio, no estado de Minas Gerais (sudeste).

Um vídeo que circula na redes sociais e cuja autenticidad foi confirmada à Efe pelos bombeiros mostra o momento em que a enorme rocha se desprende da parede do desfiladeiro e se precipita sobre quatro barcos que se encontravam no lago Furnas.