EFEBarcelona

O Governo da Catalunha vai pedir ao Tribunal Superior de Justiça desta região espanhola (TSJC) que analise a possibilidade de estender a exigência do certificado covid para aceder à restauração, ginásios, centros desportivos e lares de idosos face à escalada da sexta vaga de coronavírus.

Este pedido foi anunciado em conferência de imprensa pela porta-voz do Executivo catalão, Patrícia Plaja, que avisou que o crescimento da pandemia é "preocupante", pelo que o certificado covid pretende evitar "sobrecarregar" o sistema de saúde "sem necessidade de aplicar novas restrições".

O certificado está em vigor na Catalunha desde o passado 7 de outubro, quando o TSJC o aprovou para a entrada nos espaços interiores do lazer noturno, tendo-o ampliado depois, em princípios deste mês, a banquetes, celebrações e atos realizados em hotéis e restaurantes com possibilidade de dança.