EFEPequim

A cidade chinesa de Huanggang, perto de Wuhan -epicentro do surto de pneumonia viral que deixou pelo menos 17 mortos- anunciou hoje que também vai suspender todos os transportes a partir da meia-noite de hoje, pedindo aos cidadãos que não abandonem a cidade sem "razões especiais".

Além disso, outro município perto de Wuhan, Ezhou, anunciou que a estação de comboio da localidade será fechada até novo aviso.

Huanggang tem mais de 6 milhões de habitantes e Ezhou tem um milhão, elevando a cerca de 18 milhões o número de pessoas que já se encontram sob quarentena "de facto" iniciada esta manhã em Wuhan, onde todos os transportes foram suspensos para tentar conter a propagação do surto.