EFEPequim

O doutor Liu Zhiming, diretor do Hospital Wuchang na cidade chinesa de Wuhan -epicentro da epidemia do novo coronavírus- faleceu hoje devido à resultante pneumonia COVID-19, informou o estatal Diário do Povo.

Liu, um neurocirurgião de 50 anos, é o primeiro diretor hospitalar a sucumbir à doença, noticiou o jornal.

O hospital que o doutor Liu dirigia é um dos centros médicos especificamente designados para cuidar de pacientes do COVID-19 em Wuhan, capital da província de Hubei e em quarentena desde 23 de janeiro.

Cerca de 2.000 profissionais de saúde chineses foram infetados com o novo coronavírus SARS-CoV-2, e vários deles faleceram, incluindo o doutor Li Wenliang, um médico que tentou alertar os seus colegas para uma possível nova doença e foi repreendido pelas autoridades por "espalhar rumores".

O COVID-19 causou até agora pelo menos 1.873 mortes em todo o mundo, 1.868 das quais foram na China continental, onde também foram relatadas 72.436 infeções (cerca de 99% dos casos globais).

Os sintomas da nova doença são em muitos casos semelhantes aos de uma gripe comum, mas podem estar acompanhados de febre e fadiga, tosse seca e dificuldades respiratórias.