EFEHaia

A Agência Europeia do Medicamento (EMA) começou esta terça-feira uma revisão contínua da vacina contra a covid-19 "Vero Cell", desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac, e irá analisar em tempo real se cumpre com os padrões europeus de segurança, eficácia e qualidade antes de decidir se apoia o seu uso na UE.

O regulador deu início a esta revisão com base nos "resultados preliminares dos estudos de laboratório e os estudos clínicos" que sugerem que a vacina desencadeia a "produção de anticorpos" contra o Sars-CoV-2, o vírus que provoca a covid-19.

O laboratório europeu que solicitou à EMA o estudo da vacina "Vero Cell Inactivated" chama-se "Life'On S.r.l", embora o fármaco seja propriedade da Sinovac Life Sciences Co., uma farmacêutica baseada na China.