EFEWashington

Os Estados Unidos registaram na segunda-feira mais de um milhão de novos casos de covid-19, o recorde desde o início da pandemia, segundo a contagem independente realizada pela Universidade Johns Hopkins.

Em concreto, foram notificados 1.082.549 novos casos, mas o número pode estar distorcido devido ao atraso na entrega de dados causado pelo fim de semana e a passagem de ano.

A média de sete dias de casos diários da Johns Hopkins, que elimina oscilações, fica nos 480.273 contágios diários.

Este aumento é atribuído à expansão no país da variante Ómicron, que as autoridades consideram mais contagiosa mas com uma gravidade menor.

Quanto a falecidos, os Estados Unidos registaram na última semana uma média de 1.200 por dia.

As autoridades de saúde americanas têm enfatizado a importância da vacinação e pedido aos cidadãos acima dos 18 anos que recebam a dose de reforço.

62% da população conta já com a vacinação completa, enquanto 33% já recebeu a dose de reforço.

O presidente e a vice-presidente, Joe Biden e Kamala Harris, respetivamente, vão-se reunir esta terça-feira com a equipa de assessores médicos da Casa Branca para analisar a situação.

Os Estados Unidos são a nação do mundo mais afetada pela covid-19, com mais de 825.000 mortos desde o começo da pandemia.