EFEMadrid

Uma forte explosão ocorrida esta sexta-feira no sótão de um edifício de quatro andares em Madrid, causada por razões ainda desconhecidas, deixou até agora 18 pessoas feridas, uma delas com gravidade, e dois desaparecidos.

Segundo o serviço de emergências da capital de Espanha, os bombeiros, que estão no local à procura de pessoas que possam ter ficado soterradas, já resgataram entre os escombros quatro dos feridos.

Estão a ser procurados dois trabalhadores que ficaram presos no prédio, localizado na rua General Pardiñas, no coração do bairro de Salamanca.

A causa da explosão, que aconteceu às 13h30 (horário local; 12h30 em Portugal continental) pode estar ligada a obras realizadas no edifício, de acordo com o presidente da Câmara de Madrid, José Luis Martínez Almeida.

De acordo com o autarca, quatro feridos foram levados a um hospital, enquanto os restantes receberam atendimento médico no próprio local.

Os bombeiros ordenaram a evacuação de um dos edifícios vizinhos para que a estrutura possa ser avaliada.