EFEWashington

O Governo do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, vai proibir TikTok e WeChat, serviços de propriedade chinesa usados por mais de 100 milhões de pessoas no país norte-americano, no mercado de aplicações informáticas do país, informou esta sexta-feira o Departamento do Comércio.

As restrições ditadas vão proibir a transferência de fundos ou o processamento de pagamentos através do WeChat dentro dos Estados Unidos a partir de domingo, e as proibições que afetam a TikTok vão entrar em vigor a 12 de novembro.

Trump disse em reiteradas ocasiões que a TikTok, uma das redes sociais que mais tem crescido nos últimos anos, representa uma "ameaça" para a segurança nacional dos Estados Unidos e procura forçar a sua venda a uma empresa americana.