EFETóquio

O Governo do Japão recomendou hoje o encerramento temporário de todas as escolas de ensino primário e secundário do país durante praticamente todo o mês de março, para tentar conter o surto de coronavírus.

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, anunciou esta medida durante uma reunião convocada esta quinta-feira com o seu Gabinete para tratar a situação do COVID-19, que já deixou mais de 190 contágios no país aparte dos 705 passageiros do cruzeiro Diamond Princess infetados.

"Baseando-nos na prioridade de proteger a saúde e a segurança das crianças, queremos prevenir o possível risco de contágio a grande escala em lugares onde tanto alunos como professores passam muitas horas diariamente", disse Abe à imprensa ao início da reunião.