EFENova Iorque

O governador do estado norte-americano de Nova Iorque, Andrew Cuomo, anunciou na sexta-feira que espera que na próxima semana seja aprovado um pacote de reformas para combater os abusos policiais, medida que vem depois de mais de uma semana de protestos após a morte nas mãos de polícias do afro-americano George Floyd em Minneapolis (Minnesota).

A proposta, que deve passar pela legislatura estadual, consiste em quatro medidas, a começar com a emenda de uma lei que atualmente mantém em sigilo os registros disciplinares da polícia.

Além disso, proíbe a imobilização que pode causar asfixia, um problema relatado há anos em Nova Iorque, especialmente após a morte em 2014 de Eric Garner, um negro que morreu nas mãos de agentes e cujas últimas palavras, "Não consigo respirar" se tornaram num slogan de protestos nos Estados Unidos.